“1618”

O Museu Judaico do Porto exibe no dia 31 de Março, às 19h00, o filme “1618” que retrata um impressionante episódio da Inquisição na cidade. A entrada é gratuita, mas limitada a 50 lugares. Baseado em factos verídicos. Em 1618, Matos de Noronha, Visitador da Inquisição, dirige-se para a cidade, numa carruagem escoltada pela sua guarda. Muitos cristãos-novos são suspeitos de terem praticado heresias judaizantes. António Álvares, mercador e filantropo respeitado pelas gentes do Porto, é o alvo primeiro da Visitação. A fuga parece ser o seu único caminho.

Os comentários estão fechados.