O Julgamento de Ubu no TeCA

Foto: João Tuna

O Teatro Nacional São João (TNSJ) e o Teatro de Marionetas do Porto uniram-se, uma vez mais, para uma coprodução, desta feita O Julgamento de Ubu. Partindo da peça homónima criada em 2010, pelo dramaturgo britânico Simon Stephens, o espetáculo integra o 32.º Festival Internacional de Marionetas do Porto (FIMP) e propõe ao público uma nova demonstração do reinado de Ubu, numa estória contada através da fusão entre a arte da marioneta e a figuração humana. O Julgamento de Ubu estreia-se no palco do Teatro Carlos Alberto (TeCA), ficando em cena entre os dias 7 e 16 de Outubro.
Encenado por Nuno M Cardoso – e traduzido pelo próprio, com a ajuda da escritora Luísa Costa Gomes –, o espetáculo define-se como “um grande encontro artístico”, que visa assinalar uma relação de vários anos entre o São João e o Teatro de Marionetas do Porto. Em palco, vão estar títeres e atores de corpo inteiro, que, a partir de Ubu (1896), de Alfred Jarry, e da sua sequela, escrita por Simon Stephens, vão promover uma reflexão sobre a condição humana, tirando proveito de uma personagem que se pode considerar hoje tão atual como à época em que foi criado.
O Julgamento de Ubu pode ser visto entre os dias 7 e 16 de outubro, de quarta-feira a sábado, às 19h00, e domingo às 16h00. No dia 10 de Outubro, o espetáculo terá tradução em Língua Gestual Portuguesa